615 Visualizações

Tiago R. Santos

/

Biografia

Tiago R. Santos é argumentista, escritor e crítico de cinema.
Trabalhou como jornalista e iniciou o seu trabalho de argumentista em 2007, com “Call Girl”.
Com o argumento de “Os Gatos Não Têm Vertigens” ganhou o prémio Sophia, da Academia de Cinema Portuguesa e o prémio Autor, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores.
Para além de escrever para cinema, também trabalhou em séries para televisão como “Liberdade 21”, “Conta-me como Foi”, “Filhos do Rock”, “País Irmão”, “O Mundo Não Acaba Assim” e “Até Que a Vida Nos Separe”.
Escreveu o argumento de “O Leão da Estrela”, remake realizado por Leonel Vieira, de “Amor Impossível”, de António-Pedro Vasconcelos e de “Parque Mayer”, do mesmo realizador.
Em 2013 publicou o seu primeiro romance: “A Velocidade dos Objectos Metálicos”.
É crítico de cinema para o suplemento GPS, da Revista Sábado.
Experimentou a realização com a curta-metragem “Vícios Para Uma Família Feliz”, que estreou no Festival dos Caminhos do Cinema Português.
A partir do texto de David Machado, fez com ele a adaptação do romance “Índice Médio da Felicidade”, projecto realizado por Joaquim Leitão.

Filmografia

  • Ano Título Função
  • 2018 Parque Mayer Argumento
  • 2017 Índice Médio de Felicidade Argumento adaptado
  • 2017 Perdidos Argumento
  • 2015 Amor Impossível Argumento
  • 2015 O Leão da Estrela Argumento
  • 2014 Os Gatos não Têm Vertigens Argumento
  • 2010 A Bela e o Paparazzo Argumento
  • 2007 Call Girl Argumento