Bildvisningen

328 Visualizações

Um ensaio visual sobre obsolescência. O coração de tudo isto: imagens. Vemo-las e esquecemo-las, enquanto se deterioram tornando-se poeirentas, ardentes e transformando-se em cinema. Ou, elas acumulam-se, tornam-se muitas, demasiadas. Em todo o lado.
Ou talvez as observemos em segredo, ciosamente armazenadas como uma memória antiga ou um novo esquecimento.

Realização

Nuno Braumann

Fotografia

Nuno Braumann

Produção

ESAD.CR

Duração

04'17''

Ano

2017